Cesárea e osteossíntese de fratura do membro inferior no mesmo procedimento cirúrgico

Introdução: Trauma ortopédico durante a gravidez pode causar sérias complicações como parto prematuro, morte do feto ou morbidades maternas.

Apresentação do caso: Reportamos o caso de uma paciente com 38 semanas de gravidez que fraturou o tornozelo esquerdo e o quinto metatarso após uma queda. Cesárea e osteossínteses foram realizadas de maneira habitual no mesmo procedimento cirúrgico. Não ocorreram complicações pós-operatórias.

Discussão: Gravidez e puerpério estão associados a um estado de hiper-coagulabilidade. A mobilização precoce proporcionada pelo tratamento cirúrgico das fraturas reduziu o risco de eventos trombo-embólicos.

Conclusão: A abordagem utilizada pode ser adotada como exemplo em procedimentos futuros realizados em situações similares

Confira o artigo completo