Dupla placa submuscular para fraturas complexas do úmero distal: uma alternativa segura e eficiente de tratamento

Objetivo: O objetivo deste estudo é demonstrar resultados funcionais e taxas de complicação de fraturas complexas do úmero em adultos, utilizando osteossíntese com dupla placa ortogonal sub-muscular

Métodos: Este estudo é uma série de casos prospectiva de 13 pacientes com fraturas complexas do úmero isoladas tratadas com dupla placa sub-muscular ortogonais. Avaliação funcional foi realizada utilizando o escore de incapacidade do braço, ombro e mão (DASH) com 30 itens. A idade variou de 22 a 68 anos, com uma idade média de 39 anos. Avaliação funcional com o escore DASH foi realizado após 12 semanas de acompanhamento.

Resultados: Todos os pacientes apresentaram consolidação da fratura no quarto mês pós-operatório. Dos 13 pacientes, 5 (38%) apresentaram escore DASH de zero (melhor função possível). Um paciente desenvolveu neuropraxia e apresentou um escore de 100 (pior possível). Um caso apresentou infecção superficial, que foi tratado com antibióticos orais e desbridamento local.

Conclusions This study demonstrated satisfactory functional outcome in patients with distal-third diaphyseal humeral complex fractures treated with two locked sub-muscular plates. The authors consider it as a safe method and an efficient alternative, especially in younger patients who require early functional recovery.

Conclusão: Este estudo demonstrou resultados funcionais satisfatórios em pacientes com fraturas diafisárias complexas do terço distal do úmero tratados com dupla placa bloqueada sub-muscular. Os autores consideraram o método seguro e eficiente como uma alternativa, especialmente em pacientes mais jovens que necessitam de uma recuperação funcional mais precoce.

Confira o artigo completo