protese total de quadril via anterior

Prótese total de quadril por via anterior

A prótese total de quadril por via anterior é uma técnica cirúrgica menos invasiva para substituição da articulação do quadril em casos de artrose (desgaste), fraturas do colo do fêmur, osteonecrose, displasia e outros casos que necessitam de artroplastia total de quadril.

Esta aula foi ministrada na Reunião Clínica do Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo. Portanto, esta aula tem alguns aspectos técnicos e alguns detalhes da cirurgia aparecem. Se você não deseja ver fotos do intra-operatório, talvez este vídeo não seja adequado para você.

O Dr Leandro Ejnisman aprendeu esta técnica cirúrgica após uma visita a um cirurgião na Bélgica com vasta experiência neste procedimento chamado Kristoff Corten. A prótese total de quadril por via anterior possibilita ao paciente menos dor no pós operatório, um retorno mais rápido às suas atividades e menor risco de luxação (prótese deslocar).

Se você apresenta dor no quadril e necessita de um prótese agende sua consulta

Não se esqueça de seguir o Dr Leandro no Instagram

sintomas impacto fêmoro-acetabular

Quais são os sintomas do impacto fêmoro-acetabular?

Os sintomas do impacto fêmoro-acetabular são principalmente a dor no quadril e a diminuição da amplitude de movimento do quadril. O impacto do quadril é uma causa importante de dor no quadril, principalmente no atleta jovem, mas também pode acometer pessoas sedentárias.

Neste vídeo, publicado no canal do YouTube do Dr Leandro Ejnisman, ele explica sobre os sintomas do impacto fêmoro-acetabular e da lesão do lábio acetabular. O principal sintoma é a dor no quadril, principalmente na região da virilha, conhecida também como região inguinal. Esta dor pode ocorrer durante a atividade física, mas pode ocorrer após um ou dois dias da atividade física. É comum o sintoma de dor ao ficar sentado por longos períodos, como no avião, cinema, ou dirigindo.

O ortopedista especializado em cirurgia do quadril vai examinar o paciente durante a consulta e avaliar a amplitude de movimento do quadril. Um sinal importante é o sinal do impacto anterior, que é caracterizado pela dor no quadril durante o movimento de flexão, adução e rotação interna.

Não se esqueça de seguir o Dr Leandro no Instagram

Se você sente dor no quadril, agende sua consulta

quadril

O que é o quadril?

O que é o quadril?

Apesar desta pergunta parecer óbvia, a definição de quadril é diferente para a população leiga e para os médicos e fisioterapeutas. Quando nos referimos ao quadril, estamos falando da articulação entre a cabeça do fêmur e a bacia, na região do acetábulo. Esta articulação, que também é conhecida como coxo-femoral, fica na parte superior da coxa. Já a população leiga muitas vezes usa o termo quadril para indicar a região lombar ou mesmo da cintura.

Na região do quadril temos diversos ossos, ligamentos, músculos e outras estruturas importantes. Para saber mais detalhes, veja o vídeo do Dr Leandro Ejnisman no seu canal do YouTube. Siga o canal do Dr. leandro Ejnisman no YouTube e conheça mais sobre cirurgia do quadril. Também não se esqueça de seguir o Dr Leandro Ejnisman no Instagram.

Se você tem dor no quadril, agende sua consulta online. Se tiver dúvidas, fique a vontade para entrar em contato pelo formulário no fim da página.

 

ortopedista itaim quadril

Consultório ortopedista especialista em quadril no Itaim

O Dr Leandro Ejnisman é ortopedista especialista em quadril no Itaim. Seu consultório fica na Rua Joaquim Floriano 413 – 9o andar na Livance. A Livance é um co-working para profissionais de saúde, onde atendem médicos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, etc. O ambiente é moderno e agradável, temos certeza que você irá gostar.

Se você tem uma dor no quadril, é importante uma avaliação adequada do seu problema. O ortopedista especialista em cirurgia do quadril pode te ajudar a investigar sua dor e chegar ao seu diagnóstico. Após o diagnóstico adequado, o tratamento irá começar, e pode ser baseado em diversos métodos: medicação, fisioterapia, infiltrações e eventualmente cirurgia. Se o seu caso for cirúrgico, o Dr. Leandro Ejnisman é cirurgião de quadril, com vasta experiência em casos complexos, possuindo mais de 10 anos no Hospital das Clínicas da Universidade de são Paulo.

Agende sua consulta com o Dr Leandro Ejnisman no consultório do Itaim de maneira online. E em caso de dúvidas, fique a vontade para entrar em contato pelo formulário no fim da página.

mulher ortopedia

Lugar de mulher é na ortopedia: Ana Mazeto

Como é a ortopedia para uma mulher? A Ana Mazeto é aluna de medicina do 8o semestre da UNIFENAS de Belo Horizonte, e ela pretende ser ortopedista.

Recentemente, ela contou para os seguidores dela no Instagram que ela quer ser ortopedista e muita gente achou estranho. Infelizmente, muita gente ainda vê ortopedia como uma especialidade para homens. Conversamos com a Ana para saber porque ela escolheu ortopedia e como ela enxerga a mulher na ortopedia.

Neste episódio, fizemos algo diferente. A Ana também nos perguntou as dúvidas dela sobre ortopedia. Ela também trouxe perguntas dos seguidores dela do Instagram sobre ortopedia.

Não esqueça de nos seguir na sua plataforma preferida de podcast e no Instagram . Também nos assista no YouTube

Siga também a Ana no YouTube e no  Instagram

 

quanto tempo dura protese total de quadril

Quanto tempo dura uma prótese de quadril?

“Quanto tempo dura uma prótese de quadril?” Esta é uma das perguntas mais comuns que um cirurgião de quadril ouve em seu consultório no dia a dia. Quando um paciente está planejando submeter-se a uma cirurgia é natural que ele queira saber quanto tempo sua cirurgia vai durar.

O primeiro ponto que gosto de explicar aos pacientes é que a prótese de quadril não é suco de laranja, não tem data de validade. O que eu quero dizer com isso? Muitas pessoas pensam que após um determinado tempo, a prótese deverá ser trocada, independente do seu estado. Isto não é verdade. Após a realização da prótese de quadril, o paciente deverá realizar acompanhamento periódico de seu implante com radiografias. Desta maneira, algum desgaste poderá ser detectado inicialmente, e tratado de maneira mais precoce, diminuindo muito a complexidade da cirurgia de revisão (troca) dos componentes.

A troca será necessária quando algum dos componentes apresentar alguma forma de desgaste ou quebra, ou quando o osso ao redor da prótese estiver desgastado. Diversos fatores influenciam no tempo que isto demora para ocorrer. O grau de atividade do paciente é um dos fatores que influenciam. Além disso, força muscular, doenças associadas e qualidade da prótese implantada também influenciam na durabilidade da prótese total de quadril.

Mas afinal, quanto tempo dura uma prótese de quadril? Um trabalho recente publicado na Revista Científica Lancet estudou esta pergunta corriqueira. Trata-se de uma meta-análise, um trabalho científico que junta os resultados de outros trabalhos publicados. Quarenta e quatro artigos, totalizando mais de 13 mil próteses de quadril, foram incluídos. Destas artroplastias de quadril foram encontrados as seguintes taxas de sobrevida das próteses: 15 anos – 85,7% / 20 anos – 78,8% / 25 anos – 77.6%. Isto quer dizer que após 15 anos 85,7% dos pacientes não precisaram fazer cirurgia de revisão de prótese de quadril. O artigo do Lancet também analisou o resultado de registros nacionais de prótese. Esta análise incluiu mais de 200 mil próteses e encontrou números similares: 15 anos – 89,4% / 20 anos  – 70,2% / 25 anos – 57,9%.

Estes números são bastante animadores, mas é importante lembrar que um estudo que analisa a duração de uma prótese total de quadril após 25 anos, analisa o resultado de próteses realizadas há mais de 25 anos, portanto com uma tecnologia inferior a atual. Acreditamos que estes números serão ainda melhores no futuro, mas só com o acompanhamento destes implantes por anos a fio que poderemos responder esta pergunta.

Como conclusão, vemos que a prótese total de quadril apresenta uma duração excelente no longo prazo, com potencial de aumentar ainda mais no futuro. Também vemos a importância de um acompanhamento adequado da prótese de quadril após sua realização.

Em caso de dúvidas, agende sua consulta

Fonte: How Long does a hip replacement last? A systematic review and meta-analysis of case series and national registry reports with more than 15 years of follow-up. Lancet 2019; 393:647-54 Link para o artigo

duracao protese quadril

residencia ortopedia estados unidos

Um ortopedista brasileiro nos Estados Unidos

Muitos ortopedistas brasileiros pensam em como seria trabalhar nos Estados Unidos. No sexto episódio do “Muito Além do Gesso”, o Podcast da Ortopedia, conversamos com Cesar de Cesar Netto.

Cesar, conhecido como Pinhal, fez residência de ortopedia no IOT-HCFMUSP, onde também fez especialização em pé e seu doutorado. Atualmente é médico na Universidade de Iowa nos EUA.

Neste episódio, o Cesar nos conta como foi sua trajetória, como é sua vida como ortopedista nos EUA, e dá dicas para quem pensa em algum dia mudar para os EUA.

Gostou do nosso episódio? Não esqueça de deixar seu review na sua plataforma preferida de podcast, e de nos seguir no Instagram

www.instagram.com/podcast.ortopedia/

impressao 3d ortopedia

Impressão 3D em Ortopedia: Utilização de Prótese de Quadril Customizada

Neste vídeo sobre impressão 3D em ortopedia publicado no canal do YouTube do Dr Leandro, ele e o Dr Andre Ferrari, explicam sobre um caso complexo que operaram em conjunto recentemente. Uma paciente apresentou um tumor ósseo na bacia. Este tumor precisou ser ressecado juntamente com a cabeça femoral.

Tradicionalmente não haveria método para reconstruir o quadril desta paciente. Porém, com a impressão 3D é possível desenvolver uma prótese customizada para o quadril da paciente. No vídeo, o Dr Andre e o Dr Leandro explicam como a prótese foi criada. Felizmente, a cirurgia foi um sucesso e a paciente está se recuperando extremamente bem.

A impressão 3D na ortopedia é uma tecnologia disruptiva, que traz grandes avanços para os pacientes.

Não se esqueça de curtir o vídeo e seguir o canal.

lesão do psoas

Tratamento de lesão do psoas num atleta professional sem cirurgia

Este artigo sobre o tratamento de uma lesão do psoas num atleta profissional de futebol foi escrito pelo Dr Leandro em conjunto com o Dr Marc Safran de Stanford e com a equipe médica do Clube Palmeiras. Ele foi publicado na revista Journal of Bone and Joint Surgery, importante publicação científica da ortopedia.

Resumo

Caso: Um atleta masculino de 36 anos sofreu uma lesão aguda do quadril esquerdo durante um jogo de campeonato enquanto defendia o gol. O exame de ressonância magnética demonstrou uma lesão com avulsão completa do tendão do iliopsoas do trocânter menor. O paciente foi tratado de maneira não-cirúrgica por meio da fisioterapia, e após 10 semanas, estava apto a retornar a atividade completa. Após um seguimento de 1 ano, o paciente estava completamente assintomático, e ainda estava jogando futebol profissional sem deficit de força de flexão do quadril.

Conclusão: Neste atleta profissional de futebol, o tratamento não operatório de uma lesão completa do psoas resultou num bom resultado clínico e funcional, e um retorno ao esporte com sucesso.

PDF do Artigo

lesão do psoas

 

Residencia medica ortopedia

Residência médica em ortopedia: 3 ou 4 anos?

A residência médica em ortopedia e traumatologia atualmente dura 3 anos. Há uma discussão corrente na comunidade ortopédica se a residência deveria aumentar para 4 anos. No quinto episódio do “Muito Além do Gesso”, o Podcast da Ortopedia; os apresentadores Leandro Ejnisman, Andre Wajnsztejn e Noel Oizerovici discutem sobre esse tema polêmico.

Faz sentido pensar que quanto mais tempo de preparação na residência médica em ortopedia, melhor vai ser o aprendizado do aluno. O conteúdo em ortopedia aumentou muito com o desenvolvimento de novas técnicas cirúrgicas, descoberta de novas doenças e explosão no número de artigos científicos. Em outros países da América do Norte e Europa, a residência de ortopedia já é mais longa, chegando a 5 ou 6 anos dependendo do país.

Por outro lado, muitos residentes de ortopedia já fazem especialização após a residência médica, que pode durar de 1 a 2 anos. Os residentes já querem começar sua vida profissional e não aguentam mais não ter independência.

Qual a opinião dos nossos apresentadores? Assista o episódio e você saberá!

Não se esqueça de nos seguir no Instagram