Artigo científico publicado na revista científica American Journal of Sports Medicine durante meu pós doutorado em Stanford

Resumo

Contexto: A microinstabilidade do quadril é uma causa cada vez mais reconhecida de dor no quadril e impotência funcional. Apesar da entidade clínica ter sido bem descrita, a patomecânica desta doença permanece pouco compreendida.

Hipótese: O objetivo deste estudo foi determinar o papel da frouxidão ligamentar na microinstabilidade atraumática do quadril. Nossa hipótese foi que o alongamento cíclico do ligamento anterior do quadril resultaria num aumento da amplitude de movimento do quadril e deslocamento da cabeça femoral.

Design do estudo: Estudo de laboratório controlado.

Métodos: Neste estudo, 7 quadris apresentaram os critérios de inclusão (idade, 18-46 anos). Os espécimes foram dissecados de suas partes moles, alinhados, cortados, e preparados num aparato especial. Um sistema de teste de materiais foi usado para alongar ciclicamente a cápsula anterior do quadril em extensão e rotação externa enquanto rodava o quadril no eixo mecânico. Um sistema de análise de movimento foi utilizado para avaliar a rotação do quadril e deslocamento da cabeça femoral em relação ao acetábulo nas direções ântero-posterior, medial-lateral, e  superior-inferior. O teste foi realizado em condições basais, após ventilar a articulação, e depois de alongamento da cápsula.

Resultados: Com  quadril em alinhamento neutro, o alongamento cíclico da cápsula anterior do quadril resultou num aumento da rotação do quadril (P<.001). O deslocamento da cabeça femoral aumentou significativamente em relação ao estado “ventilado” nos planos medial-lateral (P<.001), ânterior-posterior (P=.013), e superior-inferior (P=.036) após alongamento cíclico da cápsula anterior do quadril.

Conclusão: A cápsula anterior do quadril tem um papel importante no controle da rotação do quadril e no deslocamento da cabeça femoral. Este estudo é o primeiro a demonstrar um aumento significativo no deslocamento da cabeça femoral após alongamento cíclico da cápsula anterior do quadril.

Relevância clínica: Este estudo é diretamente aplicado ao tratamento da microinstabilidade atraumática do quadril. Estes resultados definem a importância quantitativa da cápsula do quadril no controle do movimento da cabeça femoral. Isto permite um melhor atendimento do processo patofisiológico da microinstabilidade do quadril e serve como uma plataforma para desenvolver técnicas cirúrgicas efetivas para o tratamento desta doença.

Link para pdf do estudo